quinta-feira, 3 de março de 2011

OS VAMPIROS - Parte 2



O que é um vampiro?


Basicamente, o vampiro é um cadáver ambulante, com alguns poderes e funções de um ente não corpóreo. Como cadáver, apresenta-se com a palidez da morte e gelado ao toque.

Alguns o descrevem com aspecto esquálido e cadavérico, tal qual uma múmia egípcia. Mas na maioria das vezes é descrito como extremamente magro, usando roupas normais, apenas com um leve toque teatral, como as roupas inteiramente negras do Conde Drácula. Quando bem alimentado de sangue pode ser quente, mas o único sinal de vida em sua face será sempre o esgar dos lábios, para mostrar dentes pontiagudos.

Seus olhos podem faiscar como chispas vermelhas e suas orelhas ser pontudas, como as de um lobisomem. Da mesma forma, o vampiro pode ser extremamente peludo, com pelos nas palmas das mãos e as sobrancelhas se unindo sobre o nariz, além de unhas longas e recurvadas. Sua alimentação o tornará anormalmente forte, apesar de sua magreza.

Algumas histórias adicionam outros detalhes assustadores. Como a língua pontuda como um chicote, conforme uma crença polonesa. Os búlgaros tem uma história que diz ter o vampiro uma só narina. Na Grécia, as lendas afirmam que vampiros tem olhos azuis. Lá, olhos azuis são raros e seus portadores poderiam ser vampiros. Qualquer pessoa que se apresentasse diferente poderia ser tachada como tal. Lábios partidos, cabelos vermelhos ou marcas especiais no corpo também levantavam suspeitas.



Fonte : Homem, mito & magia - Vol. II (Editora Três, 1974)

Veja também :

2 comentários:

  1. Emerson, estou adorando estes posts sobre vampiros! É parte de uma mitologia que eu A-DO-RO!! XD

    ResponderExcluir
  2. Que bom que está gostando, Cynthia!
    Eu também sou um grande apreciador de lendas e mitos e os vampiros estão sem dúvida entre os mais fascinantes.
    Essa série de posts terá cinco partes, continue acompanhando...:D

    ResponderExcluir